HILDUR GUÓNADÓTTIR, A COMPOSITORA DO ANO

Publicado por admin em qui, 10/24/2019 - 10:46
á no ano passado a compositora Hildur Guónadóttir já havia sido indicada para concorrer na categoria de Revelação do Ano, pela sua trilha sonora de SICÁRIO: O DIA DO SOLDADO. Seguramente Hildur deverá retornar à Bélgica no ano que vem para receber o prêmio de melhor trilha sonora do ano pelo seu trabalho para o filme CORINGA.  

No último dia 19 de outubro na cidade belga de Ghent, o prestigiado Festival de Cinema daquela localidade comemorou o seu 19º aniversário. Como anualmente acontece, no âmbito das trilhas sonoras foram premiados vários compositores em distintas categorias. Na condição de melhor compositor de trilhas para o cinema foi escolhido o norte-americano Nicholas Brittel pelo seu trabalho para o filme VICE. Brittel disputou o prêmio com outros importantes nomes como John Powell (Como Treinar Seu Dragão 3), Alan Silvestri (Bem-Vindos a Marwen), Daniel Permberton ( Yesterday) e Bejamin Wallfisch (Hellboy). A compositora islandesa Hildur Guónadóttir levou o prêmio de melhor compositora do ano da televisão pelo seu trabalho para a série Chernobyl, em sua segunda temporada. Hildur concorreu com os compositores Kris Bowers ( Olhos Que Condenam), Ramin Djawadi ( Games Of Thrones), Murray Gold ( Years and Years) e Jeff Russo ( Legião). Já no ano passado a compositora Hildur Guónadóttir já havia sido indicada para concorrer na categoria de Revelação do Ano, pela sua trilha sonora de SICÁRIO: O DIA DO SOLDADO. Seguramente Hildur deverá retornar à Bélgica no ano que vem para receber o prêmio de melhor trilha sonora do ano pelo seu trabalho para o filme CORINGA.  O World Soundtrack Awards também premiou ainda o polonês Krzysztof Penderecki e o belga Frederic Devrése pelo conjunto das suas realizações em prol das trilhas sonoras do cinema.