TRIBUTO PARA JACQUES TATI

Publicado por admin em ter, 10/09/2018 - 15:32
Se Jacques Tati tivesse nascido nos Estados Unidos, seguramente os americanos o transformariam no principal concorrente de Carlitos.  Um dos maiores méritos conquistados por Jacques Tati foi de conseguir elevar o gênero comédia ao patamar de arte.

Jacques Tati nasceu na pequena Le Pecq, província de Yvelines, França, no dia 09 de Outubro de 1907 e faleceu em Paris aos 75 anos no dia 04 de Novembro de 1982. Conseguiu um feito verdadeiramente extraordinário a partir do fato de que com apenas 5 filmes de longas metragens, acabou integrando a lista dos 50 Maiores Diretores de Todos os Tempos. Na condição de crítico da sonorização do cinema, seus filmes não possuem diálogos, mesmo quando surgem são rigorosamente incompreensíveis, mas a expressão facial de Hulot substitui qualquer frase. O primeiro filme comercial é um curta metragem de 1947 ESCOLA DE CARTEIROS, onde já começava a nascer o seu personagem mais famoso Hulot. Seu primeiro longa metragem é de 1949 CARROSSEL DA ESPERANÇA, que foi rodado nos arredores da sua cidade natal, de acordo com promessa que havia feito para os seus conterrâneos. Em 1953 ele filma o aclamado AS FÉRIAS DO SR. HULOT, que além das críticas elogiosas, também foi indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro e ainda no Festival de Cannes. Em 1958 vem a consagração internacional com a sua obra prima MEU TIO, que acaba se constituindo também numa doce crítica social aos novos ricos, assim como ao impacto da modernidade na vida das pessoas. O interessante é que se por um lado, havia ausência de diálogos nos filmes de Jacques Tati, por outro lado ele não abria mão da música. A dupla de compositores Frank Barcellini e Alans Roman, produziram para o filme MEU TIO, o melhor trabalho musical, numa música profundamente marcante. Sua filmografia seria complementada com mais dois longas, queno entanto, não obtiveram o mesmo sucesso de MEU TIO, que foram  TEMPO DE DIVERSÃO de 1967 e TRÁFEGO LOUCO, em ambos a marcante figura de Sr. Hulot.

AS FÉRIAS DO SR. HULOT, particularmente se constitui no mais delicioso filme da filmografia de Tati. Diversão desde a viagem de Hulot até a cidade litorânea, bem como a sua chegada, sobretudo o período de permanência com uma gama de situações profundamente hilárias e até na sua partida, impossível tentar sufocar o riso.

Se Jacques Tati tivesse nascido nos Estados Unidos, seguramente os americanos o transformariam no principal concorrente de Carlitos.  Um dos maiores méritos conquistados por Jacques Tati foi de conseguir elevar o gênero comédia ao patamar de arte.