MORRICONE 90

Publicado por admin em sex, 10/12/2018 - 10:05
Ennio Morricone esteve duas vezes no Brasil, sendo a primeira no Rio de Janeiro em 2007 e a segunda no ano seguinte, 2008 na cidade de São Paulo. Continua com incansável disposição participando de concertos levando a sua música para distintas plateias em todo o mundo.

Como um grande admirador da obra deste notável Mestre das trilhas sonoras, não poderia deixar de homenagear Ennio Morricone que vai completar no dia 10 de Novembro, 90 anos de uma feliz existência. Indiscutivelmente Morricone é o maior compositor de trilhas sonoras que o cinema já contou, pois não só no aspecto quantitativo, mas sobretudo qualitativo suas obras foram eternizadas, mesmo longe das cenas dos filmes. Vamos publicar a partir de hoje uma série de artigos relacionados as suas trilhas sonoras, mas o destaque não será para os seus grandes sucessos, mas sim para aquelas trilhas que contribuíram para reafirmar o seu enorme gabarito, tratando de temas de distintos gêneros, apresentando soluções musicais altamente criativas. Ennio Morricone esteve duas vezes no Brasil, sendo a primeira no Rio de Janeiro em 2007 e a segunda no ano seguinte, 2008 na cidade de São Paulo. Continua com incansável disposição participando de concertos levando a sua música para distintas plateias em todo o mundo.

No arquivo de áudio estamos trazendo o segundo trabalho que Morricone realizou para filmes produzidos na era do cinema mudo. O seu primeiro trabalho é de 1992 quando compôs uma trilha especial para o filme de 1915, A DAMA DAS CAMÉLIAS, dirigido por Gustavo Serena. Mais tarde em 1996 contratado pelo American Film Institute dos Estados Unidos, Ennio Morricone compôs uma sinfonia para o filme de  1912 RICARDO III, dirigido por André Calmettes e James Keane. Neste trabalho para RICHARD III o compositor Ennio Morricone deixa extravasar toda a sua competência no trato da música erudita ou como ele gosta de afirmar “musica assoluta”.