TRIBUTO PARA JOHN BARRY

Publicado por admin em sex, 11/01/2019 - 20:09
John Barry teve uma carreira de 43 anos dedicados ao cinema, compondo trilhas para 124 filmes e que renderam vários prêmios e dentre eles cinco Oscars.

Jonathan Barry Prendergast nasceu  numa sexta-feira, 03 de novembro de 1933 e viria a falecer em decorrência de um ataque cardíaco no dia 30 de janeiro de 2011 aos 77 anos. Ele começou  a tocar piano quando tinha nove anos. O pai dele tinha um projetor e quando das exibições, ele ficava ao piano entoando acordes, como se fosse uma trilha sonora para aquele filme que estava sendo exibido. Em 1955 ele se alistou no exército e esteve no Egito e também no Chipre, só que ao invés de pegar em armas, ele pegava o instrumento musical e tocava para os recrutas companheiros. Em 1957 John Barry cria uma banda de rock e jazz, cujo nome era John Barry Seven. A entrada de John Barry para o cinema aconteceu em 1960, por ocasião do filme estrelado por Peter Sellers, NEVER LET GO veio ainda na seqüência um outro trabalho para The Amorous Mr. Prawn , de 1962. Neste mesmo ano, a convite do diretor Terence Young, John Barry foi trabalhar com o músico Monty Norman que ficou com os créditos da trilha sonora do primeiro filme da série de James Bond, O SATANICO DR NO. John Barry assinou 11 trilhas da serie James Bond, seguramente o seu trabalho mais expressivo e que ganhou maior dimensão foi por ocasião de 007 CONTRA GOLFINGER, a interpretação vocal da canção tema por parte de Shirley bassey fez com que a canção atingisse o topo das paradas de sucesso e tivesse um alcance rigorosamente impressionante, pois até hoje essa canção ecoa fortemente. Arrebatou 5 Oscars sendo que os dois primeiros pela trilha instrumental e canção de A História de Elza, seguiram os prêmios por O Leão no Inverno, Entre Dois Amores e Dança com Lobos. Também teve o desprazer de ver rejeitadas  suas trilhas para cinco filmes: O Rapto do Menino Dourado, O Príncipe das Marés, O Guarda-Costas, Misteriosa Paixão e O Encantador de Cavalos.

John Barry logo depois de concluir o trabalho para o filme DANÇA COM LOBOS, teve sérios problemas de saúde, mas conseguiu se recuperar e na festa do Oscar, ao receber a estatueta pelo seu trabalho, fez questão de agradecer os médicos que cuidaram dele. No dia 30 de janeiro de 2011 sofreu um fulminante ataque cardíaco falecendo aos 77 anos. Seu estilo melódico exerceu forte influência em muitos compositores. O compositor português Nuno Malo em sua trilha de 2010 para o filme Pequenos Milagres, prestou uma homenagem ao compositor John Barry incluindo em sua partitura uma suíte bem ao estilo do compositor inglês, numa combinação de cordas e coro. John Barry teve uma carreira de 43 anos dedicados ao cinema, compondo trilhas para 124 filmes e que renderam vários prêmios e dentre eles cinco Oscars.

No arquivo de áudio você poderá ouvir as  trilhas sonoras de John Barry que foram  premiadas com o Oscar para os filmes A HISTÓRIA DE ELZA, O LEÃO NO INVERNO, ENTRE DOIS AMORES  e DANÇA COM LOBOS.