OS ESPECIAIS

Publicado por admin em seg, 06/15/2020 - 11:42
No filme OS ESPECIAIS temos a participação de atores alguns portadores de autismo, cabendo ao espectador identificar quantos deles seriam. Como cada um tem a emoção que merece, você pode até mesmo ficar com o lenço na mão, mas de qualquer forma antes da emoção o toque será no seu coração.

Se você gostou de OS INTOCÁVEIS da dupla de diretores e roteiristas Olivier Nakache e Éric Toledano, com certeza também vai apreciar OS ESPECIAIS. Os dois diretores passaram dois anos pesquisando o assunto e adentrando no âmbito de duas associações dirigidas por Stephane Benhsamou e Daoud Tatou, o que ajudou a construção da história a ser contada na tela. O filme aborda um assunto que tem sido pouco tratado pelo cinema, muito embora a prevalência do autismo esteja crescendo, hoje a proporção chegaria a 1 criança a cada grupo de 59. Muito embora a temática seja profundamente dramática, o filme apresenta uma abordagem leve com a carga dramática sendo substituída pela leveza de espírito dos personagens. Bruno é um judeu interpretado por Vincent Cassel enquanto o muçulmano Malik é  protagonizado pelo ator Reda Kateb. Ambos trabalham cada um  numa entidade, que ajuda jovens com autismo severo que foram rejeitadas por outras instituições e até pela própria família. As duas  instituições estão sob auditoria do governo, no sentido de avaliar se devem ou não receber o selo de certificação para continuar funcionando. Mas, dada a própria dificuldade da natureza dos objetivos de ambas, ou seja, cuidar de pessoas portadoras de dificuldades na comunicação e processo de interação social, tudo isso torna a missão da dupla profundamente desafiadora. No filme OS ESPECIAIS temos a participação de atores alguns portadores de autismo, cabendo ao espectador identificar quantos deles seriam. Como cada um tem a emoção que merece, você pode até mesmo ficar com o lenço na mão, mas de qualquer forma antes da emoção o toque será no seu coração.