MÚSICA PARA CENA DE BEIJO.

Publicado por admin em sex, 11/17/2017 - 18:51
No filme de François Truffaut BEIJOS PROIBIDOS, veja que temos beijo até no título do filme.

Existem muitas controvérsias quanto a idade do beijo, quando e onde surgiu. Alguns chegam a afirmar que o beijo teria aproximadamente 3 mil anos. Já outros dizem que na Roma Antiga o beijo era utilizado para cumprimentar não só a família mas também os estrangeiros com quem se cruzasse nas ruas e até mesmo vendedoras de porta a porta. Acredita-se que o beijo tenha surgido 500 anos antes de Cristo, época em que os amantes começaram a ser retratados nas esculturas e nos murais dos templos de Khajuraho, na Índia. Há quem sustente que Cleópatra apesar de seus inúmeros amantes, nunca tenha beijado. Mas no cinema, o beijo acabou virando uma cena emblemática e que perpetuou na lembrança dos cinéfilos inúmeras cenas como a de Humphrey Bogart nos lábios de Ingrid Bergman no filme CASABLANCA. Mas é a música para temperar as cenas de beijos. Bem, justamente essa é a nossa missão no programa de hoje. Vamos mostrar as variações rítmicas que o beijo estimula, dependendo da própria situação em que o mesmo acontece. No filme de François Truffaut BEIJOS PROIBIDOS, veja que temos beijo até no título do filme. O compositor Antoine Duhamel captou melodicamente como seria o acompanhamento musical para uma cena de beijo.