JOHN CARPENTER , O MESTRE DO TERROR

Publicado por admin em qua, 01/16/2019 - 10:37
Se Alfred Hitchcock é considerado o mestre do suspense, John Carpenter pode ser considerado como o mestre do terror. Carpenter está completando 71 anos neste dia 16 de janeiro, de uma feliz existência, cuja trajetória no cinema foi pavimentada por alguns êxitos icônicos como a produção de 1978, HALLOWEEN, A NOITE DO TERROR.

Se Alfred Hitchcock é considerado o mestre do suspense, John Carpenter pode ser considerado como o mestre do terror. Carpenter está completando 71 anos neste dia 16 de janeiro, de uma feliz existência, cuja trajetória no cinema foi pavimentada por alguns êxitos icônicos como a produção de 1978, HALLOWEEN, A NOITE DO TERROR. Carpenter tinha uma identificação muito forte com o rock, principalmente a partir da sua presença na banda Caleidoscópio. Mas, o futuro reservava para Carpenter um lugar na arte cinematográfica, por isso que ele resolveu se transferir para Los Angeles e fazer o curso de cinema. Mas a sua iniciação musical contribuiu para que ele aproveitasse a oportunidade ao dirigir e também compor as músicas dos seus filmes. Por isso, passou a assinar as trilhas sonoras dos filmes, até mesmo a partir de um curta metragem de 1970 sobre o mito do western Broncho Billy. 

O seu primeiro grande sucesso no cinema aconteceu em 1978 através do filme Halloween: A Noite do Terror que lhe rendeu cinco prêmios. Na rota do sucesso Carpenter experimenta o sabor do sucesso novamente com Fuga de Nova Iorque em 1981 e ainda Christine, o Carro Assassino em 1983. A única mudança de rumo na sua trajetória se deu através do filme STARMAN- O HOMEM DAS ESTRELAS, realizando um antigo sonho de filmar um romance misturado com ficção cientifica. Aliás, no filme ele abriu mão de fazer a trilha sonora, confiando o trabalho ao seu amigo, o compositor Jack Nitzsche, a quem respeitava bastante. Por falar em respeito e também admiração o mesmo aconteceu quando teve a oportunidade de trabalhar com Ennio Morricone, convocado por Carpenter para compor a trilha sonora do filme O Enigma de Outro Mundo de 1982.Em 2018 John Carpenter com uma banda que tem a participação inclusive do seu filho Cody que é tecladista e o guitarrista britânico Daniel Davies, que trabalhou com John Carpenter em seus filmes, o cineasta roqueiro cumpriu uma extensa agenda de apresentações pela Europa. As apresentações das trilhas através da banda contaram com a exibição das cenas dos seus filmes. John Carpenter se apresentou em outubro de 2018 com a sua banda em Paris, Barcelona, Glasgow, Londres e Ultrech na Holanda.A Associação dos Críticos de Cinema de Los Angeles já reconheceu com um prêmio, o valor das realizações cinematográficas de John Carpenter. Agora só falta a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas laureá-lo pelo menos com um Oscar honorário, pela contribuição de John Carpenter, que conseguiu ressuscitar um gênero do terror que ostentou grande prestígio na década de trinta.