ANIVERSÁRIO DE ARTHUR B. RUBINSTEIN

Publicado por admin em sab, 03/31/2018 - 10:18
Arthur B. Rubinstein criou a SIG ( Symphony In The Glen) uma instituição que promove concertos de música clássica ao ar livre, com isso estimulando o senso comunitário cultural. A orquestra tem percorrido toda a parte sul da Califórnia, além de outras localidades.

A minha primeira trilha de Arthur B. Rubinstein foi um vinil adquirido em 1984 com a trilha sonora do filme JOGOS DE GUERRA dirigido pelo grande admirador do compositor, o cineasta John Badham. Em 1987 quando lancei o programa Trocando em Miúdos pela Rádio Universitária FM, da Universidade Federal de Uberlândia, o primeiro prefixo musical foi justamente dessa trilha sonora. A dupla Rubinstein e Badham esteve em nove produções cinematográficas. Uma trilha sonora que foi perfeitamente moldada no filme foi a de TEMPO ESGOTADO, de 1995. A marcação da passagem do tempo que Rubinstein produziu foi perfeita contribuindo para estimular o clima de suspense que a narrativa exigia. No arquivo de áudio mostramos este que foi um dos melhores trabalhos de Arthur B. Rubinstein para o cinema.  O compositor Arthur B. Rubinstein nasceu no dia 31 de março de 1938 em Nova Iorque, no bairro do Brooklyn. Durante sua trajetória de compositor de trilhas compôs para mais de 100 filmes. Desde 1993 o compositor Arthur B. Rubinstein criou a SIG ( Symphony In The Glen) uma instituição que promove concertos de música clássica ao ar livre, com isso estimulando o senso comunitário cultural. A orquestra tem percorrido toda a parte sul da Califórnia, além de outras localidades. Mas o centro das atrações é justamente o Griffith Park que em 2007 teve mais de 800 hectares destruídos pelo fogo, mas que a força de uma comunidade, permitiu sua total recuperação. É justamente neste palco verde que Rubinstein rege sua orquestra e provoca entusiasmo contagiante na plateia que sempre lota as dependências para ouvir um repertório de música clássica, mas que vez por outra também contempla algumas de suas trilhas sonoras. Arthur B. Rubinstein iniciou sua trajetória de compositor de trilhas pela televisão nos anos setenta, mas a partir da década de oitenta passou a explorar toda a potencialidade dos sintetizadores. Também por ocasião da trilha de TROVÃO AZUL  conseguiu efeitos inusitados ao passar o som de um piano de calda por um microfone colocado dentro de uma garrafa.

Arthur Rubinstein também passou pela Broadway e foi por lá que teve a oportunidade de compor mais de trinta trilhas sonoras para peças de Shakespeare a Tennessee Williams. Em 1976 quando trabalhou para a Chorus Line, quando então passou a trabalhar no cinema.

Arthur B. Rubinstein fazendo jus a sua formação erudita também continua compondo peças clássicas. Para Rubinstein um dos maiores desafios para a nova geração de compositores é de desenvolver personalidade musical própria sem se deixar influenciar pelos grandes compositores de trilhas.