PRIMEIRA TRILHA DE MORRICONE: O FASCISTA

Publicado por admin em sab, 10/13/2018 - 09:26
Ennio Morricone, começava a pavimentar uma trajetória que sabidamente seria de glória e consagração. Desta maneira através de O FASCISTA, filme de 1961, surge oficialmente a primeira trilha sonora composta por Ennio Morricone.

Este é o título do filme dirigido por Luciano Salce que esteve na década de cinquenta trabalhando no Brasil para os estúdios Vera Cruz. O FASCISTA é uma comédia estrelada por Ugo Tognazzi que interpreta o fascista Primo Arcovazzi, que foi escalado para escoltar um anti-fascista Prof. Erminio Bonafé que foi preso e seria conduzido para Roma. Durante a viagem para Roma, se estabelece uma relação cordial, apesar das diferenças ideológicas, entre o fascista e o anti-fascista. Acontece que ao chegar a Roma o fascista faz questão de vestir o uniforme da tropa de Mussolini, mas naquela altura, Roma já estava ocupada pelos aliados e finalmente libertada dos fascistas. Dá pra imaginar que ao entrar na cidade vestido de fascista, qual seria a reação da população. Nesta sátira política muito bem-humorada, a trilha sonora desempenha um papel preponderante, como se fosse uma espécie de comentarista de toda a narrativa. Já estava mais do que provado que o talento do autor da trilha sonora, Ennio Morricone, começava a pavimentar uma trajetória que sabidamente seria de glória e consagração. Desta maneira através de O FASCISTA, filme de 1961, surge oficialmente a primeira trilha sonora composta por Ennio Morricone.