BACHARELADO (2016).

Publicado por admin em dom, 10/15/2017 - 11:28
Cineasta romeno  Cristian Mungiu eleito melhor diretor em Cannes 2016.

Esta é a tradução fiel do título do filme romeno “Baccalaureat” , terceiro longa metragem do cineasta  Cristian Mungiu. A temática não podia ser mais atual e pertinente ao ambiente que respiramos em todo o mundo, claro, também no Brasil. Ele aborda com muita inteligência aspectos da natureza humana como o grau de agressividade, ódio e a corrupção. A história envolve um pai que é medico e mora na casa com a mulher apenas para manter as aparências, mas tem uma amante. A filha do médico uma adolescente, para quem o pai tem planos para que ela vá estudar na Inglaterra, mas antes a jovem tem que se submeter a uma prova de qualificação. O médico preocupado com a situação politica e social do país, quer fazer de tudo para que a filha seja classificada, nem que tenha de usar seu prestigio com o tradicional “jeitinho”. Claramente se caracteriza aquela situação de uma corrupção de pequena escala tão recorrente numa sociedade como a nossa, por exemplo. Muitas vezes por trás de uma pequena corrupção está escondido um tubarão e como estamos em tempos de grampos telefônicos, nunca se sabe qual a dimensão que um caso possa vir a ganhar. Uma narrativa tensa, onde o cineasta descreve com riqueza de detalhes os traços de cada personagem, inclusive do médico com relação a sua filha, mostrando um misto de idealismo, mas também de ingenuidade. A grande mensagem que o filme transmite pode ser resumida numa palavra, verdade. A verdade nem sempre é agradável ou evidente, mas acaba sempre prevalecendo, independente das opiniões. 

A maioria das músicas aproveitadas na trilha sonora do filme foram compostas pelo japonês Shunsuke Kida.