AS VERSÕES DE UMA OBRA: OS MISERÁVEIS

Publicado por admin em qui, 04/05/2018 - 09:48
Uma das mais expressivas páginas musicais assinadas por Michel  Magne é justamente a trilha sonora de OS MISERÁVEIS de 1982, onde se destaca um magnifico Réquiem das Barricadas.

A literatura é uma fonte inesgotável de inspiração para o cinema. As transposições de obras literárias para a sétima arte sempre tiveram um papel da mais alta importância, não só no sentido de contribuir para imortalizar determinadas obras, bem como ampliar o leque de discussão sobre as mesmas. Por exemplo, Os Miseráveis de Victor Hugo sua obra ganha uma singular importância no cinema, já a partir de 1934, com uma primeira adaptação cinematográfica feita pelo cineasta francês Raymond Bernard, com trilha sonora de Arthur Honneger. Tivemos mais de dez adaptações da obra de Victor Hugo para o cinema. Em 1982 os franceses partem para uma nova transposição para a tela de OS MISERAVEIS, desta vez, utilizando-se de uma versão que foi concebida originalmente para a TV em minissérie. A direção dessa nova realização fica a cargo de Robert Hossein com Lino Ventura no papel principal. A música dessa versão foi confiada à competência de Michel Magne.

Michel Magne começou a compor para documentários e curtas metragens na década de cinquenta. Nos anos sessenta sua carreira se consolidou como um importante nome da música no cinema.

Michel Magne talvez tenha sido um pioneiro, quanto a inaugurar  o estilo “home-office”. No final da década de sessenta construiu um castelo para abrigar seus equipamentos, montando um estúdio de gravação de primeira linha. Por lá, a partir dos anos setenta passaram importantes expoentes como Johnny Halliday, Elton John, David Bowie e muitos outros. De repente Magne entrou em profunda crise financeira, culminando com a perda do seu castelo. De forma cinematográfica, ele se hospeda num hotel, lê o livro “Suicídio, Instruções e Uso”, ingere doses de barbitúricos e coloca fim a sua vida aos 54 anos no dia 19 de dezembro de 1984. Deixou um acervo de mais de 90 trilhas compostas em 30 anos dedicados ao campo das trilhas sonoras.

Uma das mais expressivas páginas musicais assinadas por Michel  Magne é justamente a trilha sonora de OS MISERÁVEIS de 1982, onde se destaca um magnifico Réquiem das Barricadas.

Curtam a beleza dessa composição.