ANIVERSÁRIO DE ANDRZEJ KORZYNSKI.

Publicado por admin em qui, 03/01/2018 - 19:40
Andrzej Korzyński tem uma passagem marcante na sua trajetória de vida, quando passou pela Itália e ficou conhecendo Ennio Morricone. O seu encantamento foi tanto, que não teve dúvidas ao chegar na Polônia, preparou sua bagagem para mudar de ares. O que ele não contava é que o governo comunista polonês acabou segurando seu passaporte, não permitindo que ele viajasse e consequentemente ele deixoude realizar o seu grande sonho.

Andrzej Korzyński nasceu em Varsóvia no dia  02 de março de 1940.  Completou os estudos de música em 1965 na Academia de Música de Varsóvia. Foi um aplicado aluno de composição e regência do conceituado  Kazimierz Sikorski. Mais tarde, juntamente com Mateusz Swięcicki e Witold Pograniczny, criou o estúdio de música Radio Studio Rhythm, através do qual acabou  produzindo vários álbuns. A entrada de  Korzyński para o cinema aconteceu a partir de 1969, quando então teve a oportunidade de iniciar uma parceria muito bem sucedida com aquele que é considerado como uma das maiores expressões do cinema da Polônia, Andrzej Wajda, através do filme TUDO À VENDA.

A parceria de Andrzej Korzyński com Wajda renderia  seis filmes, dentre os quais o mais destacado é a produção de 1977 O HOMEM DE MÁRMORE. Mas, um outro importante expoente da direção cinematográfica da Polônia, Andrzej Zulawski também acabou celebrando uma longeva parceria com Korzyński de quem foi amigo de infância e rendendo aquele que foi o mais expressivo sucesso de crítica e sobretudo polêmica, POSSESSÃO, filme estrelado por Isabelle Adjani e Sam Neill. Este filme foi rodado na França para onde o cineasta fez questão de arrastar o compositor Korzyński. A trilha sonora deste filme bastante elogiada e acabou sendo disputada arduamente pelos colecionadores de música no cinema, quando da sua reedição em 2012.

Andrzej Korzyński também sempre revelou um grande talento na composição de canções populares, o que lhe rendeu nos anos de 1965,1966 e 1974 prêmios de melhor canção do ano. Seu estilo pop também ficou grifado na produção do disco do artista Andrew Spoll.

Andrzej Korzyński tem uma passagem marcante na sua trajetória de vida, quando passou pela Itália e ficou conhecendo Ennio Morricone. O seu encantamento foi tanto, que não teve dúvidas ao chegar na Polônia, preparou sua bagagem para mudar de ares. O que ele não contava é que o governo comunista polonês acabou segurando seu passaporte, não permitindo que ele viajasse e consequentemente ele deixoude realizar o seu grande sonho.

Desde a década de oitenta, Andrzej Korzyński passou a se dedicar as trilhas para programas e series televisivas. Retornou ao cinema apenas em 2015, justamente com o amigo Zulawski por ocasião do filme COSMOS.

Inegavelmente foi na trilha sonora do filme O HOMEM DE MÁRMORE que o compositor Andrzej Korzynski demonstrou toda a sua enorme capacidade melódica, produzindo aquele que pode ser considerado como a sua verdadeira “obra prima”.