ANIVERSÁRIO DE HOWARD SHORE

Publicado por admin em qui, 10/18/2018 - 15:12
Está aniversariando o compositor canadense Howard Shore, que nasceu em Toronto no dia 18 de outubro de 1946. Trata-se de um compositor bastante aplicado, com trabalho apurado, cuja trajetória ganhou novos contornos depois da trilogia O SENHOR DOS ANEIS.

Está aniversariando o compositor canadense Howard Shore, que nasceu em Toronto no dia 18 de outubro de 1946. Trata-se de um compositor bastante aplicado, com trabalho apurado, cuja trajetória ganhou novos contornos depois da trilogia O SENHOR DOS ANEIS. Em 1975 Howard Shore inicia sua trajetória como compositor de trilhas, trabalhando incialmente para a televisão onde produziu uma série de trabalhos, desde prefixos para programas até trilhas para mini-series. Estes trabalhos acabaram despertando a atenções do cineasta canadense David Cronemberg que convidou Shore para o seu trabalho para OS FILHOS DO MEDO, o resultado é que Shore correspondeu plenamente a expectativa.Mas no ano seguinte é que aconteceria o primeiro grande sucesso na carreira de Shore, trabalhando para o próprio Cronemberg em SCANNERS, SUA MENTE PODE EXPLODIR. Ao longo desse tempo Shore vem desenvolvendo parcerias criativas e que propiciaram trabalhos de grande densidade.

Em 2002, o compositor Howard Shore vê todo seu esforço coroado de êxito e o reconhecimento da crítica por ocasião de seu trabalho para O SENHOR DOS ANEIS.Os filmes da trilogia O Senhor dos Anéis foram rodados simultaneamente na Nova Zelândia, entre setembro de 1999 e março de 2001. Apenas após o término das filmagens é que começou a trabalho de montagem e pós-produção de cada um dos filmes.Nesse trabalho ele se utiliza de duas orquestras a Filarmônica de Londres e a Sinfônica da Nova Zelândia. Através de O SENHOR DOS ANEIS em , ele arrebatou o seu primeiro Oscar, feito que se repetiria em 2004 na sequência da trilogia, valendo o prêmio pela trilha original e canção.

Tão desafiador quanto foi o trabalho para O SENHOR DOS ANÉIS, o compositor Howard Shore mergulhou no tempo, pesquisando, ouvindo músicas, reunindo informações da época e culminando com a produção de uma esmerada trilha sonora para o filme de Martin Scorsese A INVENÇÃO DE HUGO CABRET. Nada melhor para um compositor do que ter tempo e dinheiro para produzir o melhor. Nesse sentido, Howard Shore dispôs de cinco meses para concluir o seu trabalho, que teve início com uma orquestra de aproximadamente 88 integrantes, terminando com um sexteto. Aliás, o sexteto foi responsável pela essência musical da trilha, já que os instrumentos utilizados foram de fundamental importância na estruturação dos temas, na ambientação e funcionalidade musical para o filme. Howard Shore teve um sexteto formado por Ondas Maternot (instrumento eletrônico com teclado que possui uma característica de produzir sons ondulantes), museta (uma gaita francesa), piano, guitarra cigana, baixo e bateria.

 O seu grande dissabor foi quando em 2005 teve seu trabalho musical para KING KONG rejeitado pelo cineasta Peter Jackson. Na sua galeria ele reúne mais de 80 prêmios para suas mais de 90 trilhas compostas entre cinema e televisão. Neste momento ele está concluindo a trilha sonora do novo filme do seu compatriota François Girard o mesmo diretor de VIOLINO VERMELHO.

Criativo, versátil e competente são atributos que cabem perfeitamente bem para mostrar o valor do compositor Howard Shore.

No arquivo de áudio você vai conferir a beleza da música de Howard Shore para o filme A INVENÇÃO DE HUGO CABRET.