PACTO DE FUGA

Publicado por admin em sab, 12/12/2020 - 19:09
Este é o título do thriller político chileno dirigido pelo cineasta David Albala em seu primeiro longa metragem para o cinema. No apagar das luzes da sanguinária ditadura de Augusto Pinochet no Chile, eis que um grupo de 49 presos políticos consegue empreender uma fantástica fuga da Prisão Central de Santiago.

Este é o título do thriller político chileno dirigido pelo cineasta David Albala em seu primeiro longa metragem para o cinema. No apagar das luzes da sanguinária ditadura de Augusto Pinochet no Chile, eis que um grupo de 49 presos políticos consegue empreender uma fantástica fuga da Prisão Central de Santiago. Este centro de detenção não só servia de prisão, como também de tortura. Dentre os presos políticos estava o Brigadeiro Alberto Bachelet, pai de Michele Bachelet que chegaria à presidência do Chile. A fuga de 49 presos políticos aconteceu alguns meses antes do retorno do Chile à democracia. A prisão foi fechada  em 1990 devido as suas péssimas condições, para ser posteriormente demolida. A fuga audaciosa de 49 presos aconteceu depois 24 deles terem  conseguido cavar um túnel com a extensão de 80 metros, trabalho que demandou 18 meses. Além da dificuldade quanto a escavação do túnel, o grande desafio era desovar 55 toneladas de entulho produzidos pelo trabalho. Este foi um feito marcante de um peso sócio-político que consagra a fuga com um caráter simbólico de vitória contra a ditadura militar assassina de Pinochet, pois foi a maior fuga de presos da história do Chile. A trilha sonora vigorosa de Pacto de Fuga foi composta por Juan Cristobal Meza.