REBECCA, A MULHER INESQUECÍVEL

Publicado por admin em qui, 10/29/2020 - 10:01
O cineasta inglês Ben Wheatley ficou extremamente motivado em repaginar a obra de seu compatriota Hitchcock,Rebecca A Mulher Inesquecível.

Esta é uma refilmagem do clássico dirigido por Alfred Hitchcock de 1940. Nesta nova releitura da obra de Daphne Du Maurier uma versão desatrelada da autoritária Legião Americana de Decência, que impunha rígida censura de acordo com os padrões morais da época. O cineasta inglês Ben Wheatley ficou extremamente motivado em repaginar a obra de seu compatriota Hitchcock. Para uma perfeita ambientação de época, o cenário do sul da França se mostrou rigorosamente perfeito. A história de uma dama de companhia, interpretada pela atriz Lily James, que de repente encontra o viúvo milionário Maxim de Winter vivido pelo ator Armie Hammer, os dois se apaixonam e ela vai viver um conto de fadas. Ao chegar na suntuosa mansão de Winter nos arredores de Londres, começa então um pesadelo, já que o fantasma da esposa morta de Maxim de Winter, Rebecca, insiste em sobreviver através das lembranças e das maquinações da maquiavélicas da governanta, a Senhora Danvers, magnificamente interpretada pela atriz Kristen Scott Thomas. Esses são os principais ingredientes dessa história de amor, com inúmeros capítulos de suspense e cheio de reviravoltas, bem ao estilo hitchchockiano. Nessa nova versão inglesa de Rebecca, foi possível valorizar ainda mais essa estimulante história, como se fosse a lembrança de um sonho. A trilha sonora muito bonita foi composta pelo compositor inglês Clint Mansell. REBECCA, A MULHER INESQUECÍVEL, a nossa dica cinematográfica, disponível na Netflix.