ANIVERSÁRIO DE OLA FLØTTUM

Publicado por admin em dom, 08/05/2018 - 10:10
Ola Fløttum já tem mais de vinte trilhas compostas, transitando entre os cinemas da Noruega e Suécia. Ele compõe partituras também para o teatro e para o mercado publicitário.Trilha sonora de  Ola Fløttum para o filme THELMA de 2018 do cineasta Joachin Trier, teve a música indicada para concorrer no Festival de Cinema Amanda da Noruega.O que marca o seu talento é a característica própria que imprime aos seus trabalhos musicais.

Este é um compositor norueguês que iniciou sua trajetória como compositor de trilhas para o cinema em 2007 que completa 46 anos  neste dia 05 de agosto. O convite para que ele adentrasse o campo das trilhas sonoras partiu do seu compatriota o cineasta Joachin Trier que marcava sua estréia com o primeiro longa metragem REPRISE. Mas, só fui descobrir este compositor a partir do filme do sueco Ruben Östlund em 2014, FORÇA MAIOR. A curiosidade em aprofundar o conhecimento da obra de Ola Fløttum aconteceu justamente em função de que no filme FORÇA MAIOR, numa cena em que mostra uma avalanche de neve, ele ter utilizado de forma genial quase que o tema principal o Allegro Non Molto do Verão das Quatro Estações de Vivaldi, com a interpretação emblemática do japonês  Takako Nishizaki ao acordeão. Ao longo da trama interessante que se desenvolve ao longo do filme FORÇA MAIOR é que emerge a música minimalista incidental de Fløttum, como que a estabelecer um contraponto muito interessante, assim como o tema de Verão de Vivaldi, em plena montanha de neve dos alpes suíços. 

Ola Fløttum já tem mais de vinte trilhas compostas, transitando entre os cinemas da Noruega e Suécia. Ele compõe partituras também para o teatro e para o mercado publicitário.Trilha sonora de  Ola Fløttum para o filme THELMA de 2018 do cineasta Joachin Trier, teve a música indicada para concorrer no Festival de Cinema Amanda da Noruega.O que marca o seu talento é a característica própria que imprime aos seus trabalhos musicais.