BRAVISSIMO MORRICONE 91 ANOS

Publicado por admin em sex, 11/08/2019 - 19:44
Durante os 60 anos dedicados ao cinema sua fonte de inspiração jorrou trilhas verdadeiramente fantásticas produzidas com inspiração, mas sobretudo muita transpiração. Bravíssimo Morricone!

No programa A Música no Cinema deste dia 10 de novembro, aniversário de Ennio Morricone que completa 91 anos, estaremos prestando a nossa homenagem a esse grande gênio das trilhas sonoras. Ao longo dos 33 anos do programa A Música no Cinema apresentado pela Rádio Universitária FM, da Universidade Federal de Uberlândia,MG, anualmente sempre dedicamos um programa especial para Il Maestro e claro que a ênfase sempre foi sobre os trabalhos mais famosos desse notável compositor. Com mais de 500 trilhas compostas para o cinema e televisão, muitos de seus trabalhos não conquistaram o mesmo prestígio de outros, mas nem por isso deixam de ter relevância pela qualidade das composições. Nesse programa especial vamos apresentar alguns de seus trabalhos pouco conhecidos, mas de grande densidade e que a exemplo de tantos outros, tem a capacidade de funcionar muito bem separados das cenas dos filmes. Também você vai conhecer a trilha preferida de Morricone, que foi composta para um filme que é pouco conhecido. Também vamos focalizar uma outra grande característica do talento de Il Maestro Morricone, que foi sua capacidade de compor canções que se transformaram em grandes êxitos musicais, interpretadas por aquelas que ficaram conhecidas como as Divas de Morricone como Mina e Milva. Mas Morricone não é simplesmente o mais importante compositor de trilhas sonoras da história do cinema, pois ele tem ainda um acervo de composições de músicas clássicas a chamada “musica assoluta”. Ele começou a compor em 1946 , sendo a primeira peça Il Mattino Per Piano e Voce. Morricone compôs ainda vários concertos para piano, flauta, violoncelo,órgão, marimba e guitarra. Também é autor de inúmeras peças para piano, flauta, oboé, violoncelo, viola, trompa, harpa e outros. Também tem várias composições para músicas de câmara e coro. Em 2015 ele compôs a sua primeira Missa que foi dedicada ao Papa Francisco e vamos contar como nasceu a ideia. Em 2012 em mais um concerto memorável na cidade de Verona, pela primeira vez Morricone incluiu no programa uma peça erudita intitulada Ostinato Ricercare Per Uma Immagine que foi composta em 2010 e que você poderá ouvir no arquivo de áudio executada pela Orquestra Sinfônica de Sófia. A genialidade de Morricone está evidenciada na sua vasta produção musical, fruto de uma obstinada dedicação. Acordar as cinco da manhã e depois de uma hora estar em seu estúdio, debruçado sobre a partitura, ele começa a transpirar em forma de melodias que podem ser de quantos tons a sua criatividade desejar. Para Morricone o mais importante de todos esses anos vividos são os anos criadores. Durante os 60 anos dedicados ao cinema sua fonte de inspiração jorrou trilhas verdadeiramente fantásticas produzidas com inspiração, mas sobretudo muita transpiração. Bravíssimo Morricone!