TRIBUTO PARA TRUFFAUT

Publicado por admin em ter, 02/05/2019 - 18:52
François Truffaut nasceu em Paris no dia 06 de fevereiro de 1932 e morreu no dia 21 de outubro de 1984 aos 52 anos. Como ator esteve em cena 16 vezes, escreveu 36  roteiros e dirigiu  28 filmes. Ganhou 31 prêmios e foi indicado para outros 25. Foi destacada a importância e o tratamento que Truffaut dispensou à trilha sonora em seus filmes.

François Truffaut nasceu em Paris no dia 06 de fevereiro de 1932 e morreu no dia 21 de outubro de 1984 aos 52 anos. Como ator esteve em cena 16 vezes, escreveu 36  roteiros e dirigiu  28 filmes. Ganhou 31 prêmios e foi indicado para outros 25. Truffaut soube dar  importância e o tratamento à trilha sonora em seus filmes.

Antes de tornar-se um diretor respeitado, o que auxiliou tremendamente essa trajetória bem sucedida foi o fato de ter sido um espectador precoce, pois na infância já demonstrava um latente interesse pelo cinema. Sua função de crítico aparelhou-o de um instrumento capaz de perceber num filme o que muitos espectadores não percebiam e até mesmo os cineastas, já que François Truffaut era profundamente identificado pelas minúcias. Truffaut reconheceu que a música sempre foi tremendamente sacrificada nos filmes. Ele tinha razão, pois se não bastasse muitas vezes as excentricidades dos próprios diretores, havia ainda uma dose de ingerência tremendamente nociva por parte de alguns produtores. 

François Truffaut tinha uma indisfarçável simpatia por Hitchcock; a mesma era extensiva ao compositor Bernard Herrmann, a quem conseguiu convencer a fazer a trilha de A NOIVA VESTIDA DE PRETO. Este trabalho de Hermann revela uma certa impregnação da atmosfera hitchcockiana, particularmente com relação à música de UM CORPO QUE CAI. Mas o criativo Herrmann dá toques geniais na trilha, citando até mesmo a Marcha Nupcial de Mendelssohn, e com ela faz belo improviso. Clicando no arquivo de áudio você poderá curtir esta maravilhosa página musical.