TRIBUTO PARA RON GOODWIN.

Publicado por admin em dom, 01/07/2018 - 19:45
Ron Goodwin faleceu no dia 08 de Janeiro de 2003 aos 77 anos em decorrencia de complições decorrentes de uma crise asmática. Deixou um acêrvo de 69 trilhas sonoras para produções feitas para cinema e televisão.

O compositor Ron Goodwin nasceu na cidade de Plymount, proveincia de Devon. Aos cinco anos comeou a estudar piano e isso alimentou o seu gosto pela música. Assim que entrou para a escola, tratou logo de garantir um lugar na banda, para que pudesse extravasar o seu talento. Mais tarde foi trabalhar como copista numa editora de músicas. A sua entrada para o cinema aconteceu em 1958, depois de um convite do cineasta Montgomery Tully que iria rodar o filme MAN WITH A GUN. Em 1961 um trabalho primoroso para o filme QUEM VIU, QUEM MATOU... do diretor George Pollock adaptação para o cinema da obra de Agatha Christie.

Em 1963 surgiria o primeiro filme de ponta que alcançou enorme sucesso que foi LANCELOT, O CAVALEIRO DE FERRO, diirigido com Cornel Wilde que faz o papel principal. Seguiram-se outros grandes sucessos comerciais como SERVIDÃO HUMANA  em 1964, A MORTE RONDA A FLORESTA em 1966, O DESAFIO DAS ÁGUIAS em 1968  e ainda A BATALHA DA GRÃ-BRETANHA em 1969. Em 1972 ele desbancou Henry Mancini que teve sua trilha rejeitada para o filme FRENESI de Alfred Hitchcock. Em 1978 novamente trabalhando com o cineasta Guy Hamilton ele assina a trilha sonora de COMANDO DEZ DE NAVARONE, filme estrelado por Harrison Ford.

Na visão de Ron Goodwin o compositor deveria ser contratado antes mesmo do iníco das filmagens, mas o que acontece é que ele acaba ficando por último. Um de seus grandes desalentos era se deparar com um diretor que não tinha nem noção da função da música e bem por isso não sabia expressar aquilo que pretendia. Da sua parte, sempre procurou deixar claro que um filme não poderia estragar uma boa cena, mas também não poderia melhorar aquilo que era ruím. Invariavelmente teve pela frente a situação de muitas vezes oferecer ao diretor, duas opções de música para uma determinada cena. Já no final da carreira, encarava com profundo desalento o fato muitas vezes de não poder atuar com grande orquestra face os custos de produção.

Ron Goodwin gostava de criar temas fortes, mas isso dependeria do tipo de filme. Por outro lado, toda vez que concluia um trabalho, ficava com a impressão de que poderia ter feito melhor.

Ron Goodwin teve a oportunidade de ser convidado para uma serie de concertos na Dinamarca, regendo a Orquestra Sinfônica de Odense, cujo primeiro concerto aconteceu nas dependencias do Odense Convert Hall no dia 04 de dezembro de 1984.

Em 1989 o compositor Ron Goodwin lançou um CD regendo a Bournemounth Symphony Orchestra, oportunidade em que ele homanageou alguns de seus principais ídolos como Duke Ellington e Miklos Rozsa.

Ron Goodwin faleceu no dia 08 de Janeiro de 2003 aos 77 anos em decorrencia de complições decorrentes de uma crise asmática. Deixou um acêrvo de 69 trilhas sonoras para produções feitas para cinema e televisão.

A trilha sonora composta para o filme FRENESI de Alfred Hitchcock rendeu-lhe uma indicação para concorrer ao Globo de Ouro de 1973.