TODOS JÁ SABEM

Publicado por admin em qui, 01/03/2019 - 10:41
O cineasta iraniano Asghar Farhadi e seu trio de estrelas Ricardo Darín, Penélope Cruz e Javier Barden.

Este é o título do novo filme do cineasta iraniano Asghar Farhadi que reúne três grandes astros do cinema, Javier Barden, Penélope Cruz e Ricardo Darin. A história mostra Laura (Penélope) e Paco (Barden) , ex-amantes no passado e que depois de quinze anos se reencontram por ocasião do casamento da irmã de Laura. O casamento também marca o reencontro de Laura que não via os pais desde que deixou a Espanha para morar na Argentina com seu marido Alejandro ( Darín) e o casal de filhos Irene e Diogo. Na festa do casamento, de repente um corte de energia, que depois de reestabelecida a luz, mostra que a adolescente Irene, filha de Laura foi sequestrada. A partir desse instante, a narrativa de Farhadi ganha contornos de um denso thriller, com a câmera passeando, mostrando os personagens e possivelmente suspeitos do sequestro. Se com A SEPARAÇÃO e O APARTAMENTO, já mostraram a capacidade extraordinária de Farhadi em contar uma história, este filme não deixa dúvidas de que Abas Kiarostami, o grande nome do cinema iraniano que faleceu em 2016 já tem um sucessor. São 132 minutos de uma narrativa densa, envolvente que permite ao espectador mergulhar no universo daquela família, onde a questão do dinheiro sempre deixou uma marca no passado. Atestando a qualidade da produção basta dizer que no prêmio  Goya, uma espécie de Oscar da Espanha, o filme conquistou oito indicações.  Assim como já havia provado sua capacidade de contar uma história, Farhadi escolheu a Espanha como palco, pois foi justamente lá que ele vivenciou uma experiência inspiradora. Numa viagem de turismo, percorrendo uma cidade do interior, sua filha pergunta a respeito de uma serie de cartazes espalhados pela cidade, mostrando o rosto de uma menina que havia sido sequestrada fato que acabou envolvendo toda a comunidade.

A exemplos dos filmes de Buñuel, em TODOS JÁ SABEM, não há trilha sonora, pois a amplificação do som ambiente foi o recurso articulatório que Farhadi encontrou para não permitir que a música pudesse concorrer com as cenas. As presenças musicais ocorrem através de canções, para valorizar o palco das filmagens. Uma das gratas surpresas é a presença em cena na festa de casamento, cantando Se Muore Por Volver  da cantora venezuelana Nella. Canção composta por Javier Limón que participa de um dueto vocal com Nella.

No seu oitavo longa metragem, o primeiro com um trio de estrelas de expressão internacional, Farhadi mostra mais uma vez que a exemplo de Bergman, Woody Allen e Almodovar ele tem uma profunda intimidade de ir fundo em temas que tratam do universo familiar.

O filme TODOS JÁ SABEM também serve para mostrar que só guarda segredo quem não sabe!