O "BIS" DE MORRICONE.

Publicado por admin em qua, 01/24/2018 - 10:54
Mais uma demonstração do quanto a genialidade de um autor como Ennio Morricone, permite que sua música funcione desconectada das cenas de um filme.

Muitas vezes determinados acordes ficam povoando o imaginário de um compositor e consequentemente os mesmos podem retornar numa ou outra composição, às vezes em arranjos diferentes. Quando trouxemos aqui o tema “música para cena de rua”, mostramos uma composição de Alfred Newman para o filme No Turbilhão da Metrópole de 1931 batizada por “Street Scene” que acabou sendo utilizada pelo próprio autor em pelo menos mais três oportunidades, respectivamente em 1947 no filme A LUZ É PARA TODOS Luz e no ano seguinte, 1948 UMA VIDA MARCADA.

Em 1981 Ennio Morricone compôs a trilha sonora do filme dirigido por Georges Lautner, O PROFISSIONAL estrelado por Jean Paul Belmondo e a faixa Le Retour

(Sobre um tema de Bach). Em 1985 por ocasião do filme a ARMADILHA DOS DESEJOS dirigido por Giuseppe Patroni Griffi, temos a faixa Il Ritorno que se caracteriza como a mesma música Le Retour do filme O PROFISSIONAL.  Com relação a música Chi Mai, ela foi composta para a trilha sonora de 1971 do filme do diretor Jerzy Kawalerowicz,  MADDALENA. Em 1972 a música Chi Mai ganhou uma letra e foi interpretada de forma magnífica pela cantora Milva. Chi Mai reaparece na trilha sonora de O PROFISSIONAL em 1981. Vale ressaltar que o êxito musical de Chi Mai também foi atestado pelo seu uso em várias publicidades em diferentes países para distintos produtos. Em 2003 a cantora portuguesa Dulce Pontes grava uma versão em inglês de Chi Mai intitulada “House Of No Regrets”.

Mais uma demonstração do quanto a genialidade de um autor como Ennio Morricone, permite que sua música funcione desconectada das cenas de um filme.