AS MULHERES DO SEXTO ANDAR (2010).

Publicado por admin em qui, 10/26/2017 - 10:27
“As Mulheres do Sexto Andar” filme que mostra uma época em que as empregadas domésticas eram essenciais e hoje em tempo de crise viraram luxo.

Este filme mostra uma Paris do início dos anos sessenta que era invadida principalmente pelos espanhóis que fugiam da ditadura franquista. Num prédio burguês, um grupo de mulheres espanholas que trabalham como domésticas vivem no sexto andar, que na verdade poderia significar uma espécie de porão. Essas mulheres são vítimas de preconceito a partir da própria zeladora do prédio, mas tudo muda a partir de um simpático corretor de investimentos que acaba oferecendo emprego para uma das mulheres do sexto andar. O filme tem uma narrativa de muita ternura, mostrando evidentemente os próprios contrastes de classes e a disposição daquele grupo de mulheres em romper convenções que fazem parte do rígido universo burguês. São dois mundos distintos mostrados de forma às vezes caricata, mas para realçar as distinções entre patrões e empregados. O filme mostra que nos anos sessenta, sem a presença perturbadora dos celulares e da própria televisão roubando a cena, o rádio era sempre o companheiro para os momentos de solidão.

No elenco os grandes destaques para as atuações do francês Fabrice Luchini e da espanhola Carmen Maura, atriz preferida de Pedro Almodovar.

Uma trilha sonora maravilhosa  de acompanhamento composta pelo chileno Jorge Arriagada assimilando com extrema criatividade atmosferas que pudessem contemplar o lado espanhol e francês da narrativa. Um dos momentos em que a música de cena ocupa o cenário principal do filme é quando as empregadas espanholas se juntam num mutirão para cuidar da limpeza do apartamento do corretor Jean Louis (Fabrice Luchini). Elas ligam o rádio que toca a canção originalmente composta por Paul Vance "Itsy bitsy teenie weenie yellow polka dot bikini", conhecida no Brasil pela versão "Biquíni de bolinha amarelinha", de 1960, interpretada por Celly Campello.

“As Mulheres do Sexto Andar” filme que mostra uma época em que as empregadas domésticas eram essenciais e hoje em tempo de crise viraram luxo.