JOHN WILLIAMS E AS TRILHAS POUCO CONHECIDAS

Publicado por admin em sab, 02/08/2020 - 10:44
Para quem se acostumou com os famosos prefixos musicais que John Williams criou para personagens como Indiana Jones, Harry Potter, Drácula, Tubarão, Super-Homem ou ainda Luke e Leia de Guerra nas Estrelas, vale  a lembrança de outros trabalhos menos famosos.

Para quem se acostumou com os famosos prefixos musicais que John Williams criou para personagens como Indiana Jones, Harry Potter, Drácula, Tubarão, Super-Homem ou ainda Luke e Leia de Guerra nas Estrelas, vale  a lembrança de outros trabalhos menos famosos. Assim sendo, para conhecimento vamos inserir nos arquivos de áudio, algumas das trilhas expressivas de filmes que não alcançaram grande notoriedade. OS REBELDES, filme de 1969 estrelado por Steve McQueen, valendo indicação ao Oscar. LICENÇA PARA MAR ATÉ MEIA-NOITE, um drama romanceado estrelado por James Caan e Marsha Mason de 1973, recebendo duas indicações ao Oscar, trilha original e melhor canção interpretada por Paul Williams. Nesta trilha um solo impecável de gaita do belga Toots Thiellemans. Em 1975 em ESCALADO PARA MORRER, o compositor John Williams trabalha com Clint Eastwood que dirige e atua neste filme. Em 1984 o compositor John Williams , novamente indicado ao Oscar, produz uma belíssima trilha para o filme RIO DO DESESPERO, estrelado por Mel Gibson e Sissy Spacek. Em 1990 um outro trabalho de grande expressividade para o filme STANLEY & IRIS, estrelado por Robert De Niro e Jane Fonda. Finalmente uma outra trilha que mereceu indicação ao Oscar e que mostra a capacidade de John Williams em estruturar uma trilha nacionalista, ou seja, com acordes que nos levam a terra do sol nascente. Trata-se do filme MEMÓRIAS DE UMA GEISHA, um trabalho apuradíssimo e que contou com o reforço instrumental do violinista Itzhak Perlman e do violoncelista Yo Yo Ma. Você poderá ouvir essas trilhas em nossos arquivos de áudio.