LEMBRANÇAS DE UM AMOR ETERNO. (2016)

Publicado por admin em ter, 10/03/2017 - 15:56
Lmbranças de Um Amor Eterno música composta por Ennio Morricone.

cidade de Bagheria na Sicília tem muito orgulho de seu filho ilustre, o cineasta Giuseppe Tornatore. Em 2009 quando esteve no Brasil para divulgar seu então novo filme Baaria de contornos biográficos que abria a Mostra de Cinema Pirelli, promovido pela FAAP,  tive a oportunidade de entrevista-lo. Percebi que por trás de uma aparente timidez, estava um cineasta conhecedor profundo do seu ofício, aplicado e determinado. A sua filmografia reúne   trabalhos importantes como Cinema Paradiso, Estamos Todos Bem,  A Lenda do Pianista do Mar , Malena e outros. O seu décimo primeiro longa foi lançado neste ano intitulado Lembranças de Um Amor Eterno, estrelado pelo gabaritado Jeremy Irons e a encantadora ucraniana Olga Kurylenko. O contador de historias infantis dinamarquês Hans Christian Andersen se estivesse vivo, logo ficaria encantador com o jeito de Giuseppe Tornatore contar uma historia de amor para os adultos. Utilizando-se de uma narrativa binária, Tornatore revela mais uma vez sua extraordinária capacidade de envolver o espectador com a sua história. Por trás de uma banal história envolvendo o relacionamento de um professor de astrofísica com sua aluna, eis que um fato inesperado contribui para que essa história seja contada de forma absolutamente original, que a mente brilhante de Tornatore foi capaz de produzir.  

Quase que o compositor Ennio Morricone recusa fazer a trilha sonora do filme OS OITO ODIADOS de Quentin Tarantino. Isso só não aconteceu devido a intervenção do cineasta Giuseppe Tornatore. Ocorre que Morricone não gosta de assumir compromisso de trabalhar em duas trilhas sonoras simultâneamente e quando do convite de Tarantino, ele estava compondo a música do filme Lembranças de Um Amor Eterno. Nesse momento o cineasta siciliano usou de toda a sua habilidade para convencer o romano Morricone, concordando até mesmo em atrasar as filmagens de Lembranças de Um Amor Eterno. Desta forma, Tarantino pode realizar o seu grande sonho que era ter uma trilha originalmente composta por Morricone para o seu filme OS OITO ODIADOS.