BUTCH CASSIDY (1969)

Publicado por admin em seg, 10/02/2017 - 16:40
Trilha sonora original de Butch Cassidy composta por Burt Bacharach

O filme BUTCH CASSIDY, de George Roy Hill, traz Paul Newman e Robert Redford formando uma afinada dupla de bandidos especialistas em assalto a banco. A tradição dos dois avança fronteiras e eles chegam até a Colômbia. O filme é um western moderno, já que Butch, personagem vivido por Newman, troca o cavalo pela bicicleta. O filme tem uma bonita fotografia de Conrad Hall que é valorizada pela trilha sonora primorosa composta por Burt Bacharach. A concepção musical apresentada por Bacharach contrasta profundamente com a característica musical dos westerns americanos. A rigor, foi também a primeira experiência do compositor nesse gênero, uma vez que os trabalhos mais expressivos até então tinham sido para as produções O QUE É QUE HÁ GATINHA?(1965) e CASSINO ROYALE (1966). Aliás, a década de 1960 foi a mais profícua na carreira de Burt Bacharach como compositor de trilhas para o cinema. Ele como músico, compositor, arranjador e maestro, sempre demonstrou um enorme talento quando o assunto é canção. Aliás, suas músicas estiveram presentes em mais de duas centenas de produções feitas para o cinema e televisão. Burt Bacharach, juntamente com o letrista Hal David, compôs uma canção sob medida para o filme DOIS HOMENS E UM DESTINO (BUTCH CASSIDY), “Raindrops Keep Fallin On My Head”, na voz de B.J. Thomas. A música ficou nas paradas de sucesso por muito tempo. Ainda hoje, essa canção é aproveitada em dezenas de produções cinematográficas, por exemplo, nos filme O BALCONISTA 2 (2006), HOMEM ARANHA 2 (2004), AS PANTERAS DETONANDO (2002), AMOR A TODA PROVA (2002), CONFISSÕES DE UMA MENTE PERIGOSA (2002), GREMLINS 2- A NOVA GERAÇÃO (1990), APERTEM OS CINTOS O PILOTO SUMIU, PARTE 2 (1982) isso em se tratando dos filmes mais famosos, com exceção daquelas produções feitas exclusivamente para a televisão.

 Burt Bacharach, com trilha sonora de DOIS HOMENS E UM DESTINO, ganhou 2 óscares (melhor canção e melhor trilha instrumental). Ele também faturou o Bafta da Inglaterra, Globo de Ouro e o Grammy numa grande consagração.

Burt Bacharach voltou a ser premiado com o Óscar de melhor canção do filme ARTHUR O MILIONÁRIO SEDUTOR (1981), assim como o Globo de Ouro.

Seu último trabalho para o cinema é de 2000, na comédia ELA É INESQUECÍVEL, com Bette Midler e Nathan Lane no elenco.

Burt Bacharach nasceu no dia 12 de maio de 1928, na cidade de Kansas no Missouri. Ele iniciou sua trajetória na música tocando piano em nights-clubs, escorando belas vozes como de Marlene Dietrich. Nesta época, conheceu o letrista Hal David e juntos formaram uma parceria de bons frutos, ao longo de muitas décadas dedicadas à música. Em 1953, casou-se com a atriz e produtora Paula Stewart com quem ficou casado até 1958. Sua segunda esposa foi a atriz Angie Dickinson com quem se casou em 1966 e com quem teve uma filha, a união que durou até 1986. Um ano antes de seu casamento com a atriz Angie Dickinson, ele conseguiu um estrondoso sucesso com a trilha sonora do filme O QUE É QUE HÁ GATINHA, produção que serviu para marcar a estreia no cinema de Woody Allen.

 Burt Bacharach começou no cinema compondo a trilha sonora de A BOLHA ASSASSINA, em 1958, num filme que tem Steve McQueen no papel principal. Mais tarde o compositor atravessou o oceano e foi trabalhar na Itália em 1966, numa comédia dirigida por Vittorio De Sica intitulada O FINO DA VIGARICE, estrelada por Petert Sellers. Britt Ekland, Martin Balsan além de Victor Mature. Mas, nem tudo foram louros e glórias, já que, em 1973, ele compõe a trilha sonora de HORIZONTE PERDIDO, uma tentativa de reeditar o mesmo sucesso do clássico dos anos 1930, mas que redundou em fracasso de bilheteria.

Em 2009, Burt Bacharach esteve no Brasil onde realizou quatro apresentações em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre.