ANIVERSÁRIO DE JOHN CORIGLIANO

Publicado por admin em sab, 02/16/2019 - 12:34
John Corigliano nasceu em Nova Iorque no dia 16 de fevereiro de 1936, sendo um dos nomes mais respeitados da escola de música e artes cênicas Julliard School. Teve atuação destacada à frente de renomadas orquestras e construiu uma sólida produção erudita. Foi justamente este perfil erudito que contribuiu para que ele fosse escolhido para compor a trilha sonora do filme VIOLINO VERMELHO que em 2000 rendeu-lhe um Oscar.

John Corigliano nasceu em Nova Iorque no dia 16 de fevereiro de 1936, sendo um dos nomes mais respeitados da escola de música e artes cênicas Julliard School. Teve atuação destacada à frente de renomadas orquestras e construiu uma sólida produção erudita. Foi justamente este perfil erudito que contribuiu para que ele fosse escolhido para compor a trilha sonora do filme VIOLINO VERMELHO que em 2000 rendeu-lhe um Oscar. O trabalho de Corigliano para o filme foi tremendamente valorizado pela participação do virtuoso violinista Joshua Bell, que havia feito sua estreia oficial três anos antes no Carnegie Hall de Nova Iorque.

A trilha sonora é dividida em cinco partes, justamente as localidades por onde circulou o místico violino. Ouvindo atentamente a trilha sonora de VIOLINO VERMELHO, temos a nítida sensação de estarmos diante de uma estupenda sinfonia para violino e orquestra. Não há dúvidas de que dos três trabalhos produzidos para o cinema, a trilha além de tudo que representou para o próprio filme, foi a sua composição mais expressiva para o cinema.

Em 2001, o compositor John Corigliano, reforçando o seu conceito de um grande erudito, conquistou o Prêmio Pulitzer de Música com a sua Sinfonia Nº2 para Cordas e Orquestra.

A trilha sonora do filme VIOLINO VERMELHO foi gravada nos estúdios da Abbey Road entre os dias 27 de dezembro de 1997 e 02 e 04 de janeiro de 1998. A execução da trilha esteve a cargo da renomada Philharmonia Orchestra, sob a regência do maestro finlandês Esa-Pekka Salonen.

Para que se tenha uma ideia sobre a qualidade da produção erudita de Corigliano, basta lembrar que neste dia 15 de fevereiro na Espanha a Orquestra Sinfônica de Múrcia em um concerto apresentou o Concerto para Clarinete e Orquestra de Corigliano. Neste dia 16 de fevereiro, dia do seu aniversário, uma apresentação eno centro de convenções da cidade de  Germantown no estado de Maryland a apresentação da sua obra intitulada Circa 1909 uma peça para Orquestra e Cordas a ser executada pela Orquestra Iris regida pelo Maestro Michael Stern.  Em termos de trilhas sonoras para o cinema os trabalhos de Corigliano se resumem a apenas três: Viagens Alucinantes (1980), A Revolução (1985) e Violino Vermelho (1998).