DESOBEDIÊNCIA (2017)

Publicado por admin em sab, 07/14/2018 - 21:09
Enfim, DESOBEDIÊNCIA acaba se transformando numa história de um amor proibido que nasce justamente num território proibido, justamente por conta da ortodoxia religiosa.

O diretor chileno Sebastián Lélio ganhador do Oscar de melhor filme estrangeiro pelo filme Uma Mulher Fantástica, logo depois dessa produção se dedicou ao projeto do filme DESOBEDIÊNCIA. 

O filme mostra Ronit ( Rachel  Weisz) a filha de um rabino ortodoxo que acaba expulsa da comunidade judaica depois de seu envolvimento homossexual com Esti (Rachel McAdams). Com a morte de seu pai, Ronit sai de Nova Iorque e vai a Londres para os funerais do seu pai. Ele reencontra Esti, que agora está casada com Dovid (Alessandro Nivola) apontado como o sucessor do rabino na comunidade. O reencontro de Ronit com Esti reacende uma paixão que estava adormecida e tal fato pode estremecer relações dentro da comunidade judaica. Enfim, DESOBEDIÊNCIA acaba se transformando numa história de um amor proibido que nasce justamente num território proibido, justamente por conta da ortodoxia religiosa. Ao mesmo tempo em que Ronit e Esti procuram alternativas para extravasar os sentimentos de uma forte atração, ao mesmo tempo, parecem que vigiadas por uma comunidade que tem regras muito rígidas no padrão de comportamento.Por conta de um orçamento baixo, o filme também não oferece muita elaboração quanto a sua produção. Por outro lado, o roteiro acaba tendo como palco único da narrativa o bairro judeu londrino.

A trilha sonora do filme DESOBEDIÊNCIA foi composta pelo inglês Matthew Herbert, com quem o cineasta Sebastián Lélio já havia trabalhado por ocasião de UMA MULHER FANTÁSTICA. A trilha cumpre quase que um papel marginal, mas o tema de amor, não deixa de ser impregnado por acordes enternecedores.